Como ser Fiscal de Concurso Público e Ganhar Dinheiro Extra

Ganhar Dinheiro Extra

Ganhar Dinheiro Extra

 Precisando Ganhar Dinheiro Extra para completar seu orçamento mensal. Você é estudante de concurso, mais conhecido como concurseiro e se dedica exclusivamente para a sua preparação sem possuir um emprego fixo e formal.

     Preste atenção que vou te mostrar como é possível conseguir uma renda extra, trabalhando como fiscal de concurso na aplicação das provas nos finais de semana.

  • Função dos Fiscais
  • Como se Candidatar

     Função dos Fiscais.

Ganhar Dinheiro Extra

     As bancas de concurso, como são chamadas as organizações que aplicam as provas, geralmente convocam 3 tipos de fiscais.

     O Fiscal aplicador da prova é aquele que é responsável por determinada sala. Ele que irá cobrar e controlar todos os tramites no decorrer do período da prova. Observando para que nenhum tipo de fraude seja utilizada e realizando a desclassificação do candidato ao se deparar com qualquer anormalidade.

     O Fiscal auxiliar do aplicador da prova. Para quem já fez concurso público sempre se deparou com uma pessoa que fica controlando a ata da prova. Verificando a presença e a documentação dos candidatos e colhendo a assinatura.

     O Fiscal de apoio é aquela pessoa que controla os corredores, presta suporte para os fiscais de sala, substituindo algum deles em uma eventual saída para levar um candidato ao banheiro, por exemplo. Os fiscais de apoio também são responsáveis por realizar a revista de metais toda a vez que os candidatos entram no banheiro.


 

     Com a ideia de estabilidade financeira, a carreira pública tem atraído muitos candidatos e com isso a demanda por fiscais tem aumentado. Para cada sala de aula é necessária 2 pessoas fixas trabalhando. Também tem os fiscais que cuidam dos corredores e banheiros. Alguns motoristas também são utilizados no deslocamento das pessoas, provas e gabaritos para os locais dos exames.

     Alguns concursos para cargos de ponta, são realizadas provas no sábado e domingo, pela manhã e a tarde. Nestes casos também necessita-se de pessoas para realizar ou controlar as refeições de todos que irão trabalhar naqueles dias.

     Como se Candidatar e Ganhar Dinheiro Extra.

Ganhar Dinheiro Extra

     Para se candidatar a um dos cargos  e ganhar uma renda extra durante o final de semana é preciso conhecer quais a bancas examinadoras que existem e como elas procedem com o cadastro dos fiscais. Geralmente elas exigem que o candidato a fiscal realize um curso de preparação. Muitas bancas oferecem esses cursos de forma gratuita e online no seus sites.

     Abaixo uma lista com o nome das principais bancas examinadoras.

     Fundação CESGRANRIO (Concursos Federais e Estaduais)

     CESPE (Concursos Federais e Estaduais)

     CONSULPLAN (Concursos Federais e Estaduais)

     ESAF (Concursos Federais e Estaduais)

     FCC (Concursos Federais, Estaduais e Municipais)

     No site de cada uma delas não fica muito claro como é feito o cadastro de fiscais de prova. Procure nos sites por colaboradores. Você também pode ligar para o telefone de contato ou enviar um e-mail para o atendimento.

     Como está seus estudos? Acesse aqui um quiz e descubra.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Como Funciona o Rastreador Veicular

O Rastreador Veicular é um sistema de segurança cada vez mais utilizado no Brasil. Muito devido ao enorme índice de roubos de carros nas nossas cidades.

Rastreador Veicular

Com esse sistema é possível localizar o carro em praticamente qualquer lugar. Acionando o seu alarme e bloqueando o seu sistema elétrico.

Rastreador Veicular – Localizando seu Veículo

Inicialmente o módulo do rastreador é instalado em um lugar discreto no carro. Preferencialmente sem o próprio dono saber onde fica, para que em um possível assalto ele não saiba dar nenhuma informação sobre o rastreador.

O sistema funciona com duas tecnologias: GPS e GPRS.

O GPS recebe as informação de latitude e longitude dos satélites, identificando exatamente a localização do veículo em qualquer lugar do globo terrestre.

Já o GPRS é responsável por transmitir os sinais de posicionamento recebidos pelo GPS para a central de monitoramento do Rastreador Veicular.

O sistema é semelhante a um celular e por esse motivo pode não funcionar em qualquer lugar, pois precisa do sinal do celular para localizar o carro, acionar o alarme e bloqueá-lo.

Quando o carro está em funcionamento o sistema transmite a localização do veículo de minuto em minuto para a central. Estando desligado esse mesmo sinal é transmitido a cada 30 minutos.

Alguns sistemas fornecem para o usuário um login e senha para que a pessoa possa entrar no site da central e localizar o seu próprio carro.

Procedimento em caso de Roubo.

Rastreador Veicular

Em caso de roupo, o cliente possui um número de 0800 para acionar a central do rastreador do veículo e informar o sinistro. A central consegue localizar o veículo, acionar o procedimento de bloqueio e chamar a polícia da região.

everyday
Em um assalto do tipo sequestro relâmpago, que o motorista é obrigado a ir junto, existe um botão de pânico instalado de forma discreta dentro do carro. Se o motorista conseguir acionar o botão a central automaticamente recebe o chamado acionando os procedimentos de segurança.

A margem de erro na localização do veículo com o Rastreador Veicular é de aproximadamente 15 a 20 metros.

Para mais informações sobre empresas que vendem o serviço clique aqui.

Deixe seu comentário

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1.123 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

O Crime Compensa

O crime compensa nos parece ser uma ideia distante, logo pensamos em marginais, corruptos ou qualquer criminoso que encontramos nas páginas dos jornais. O que não nos damos conta é que realizamos essa ponderação diariamente em nossas vidas e em nosso cotidiano.

 

o crime compensa

Na década de 50, os crimes eram cometidos na sua maioria com motivação alimentar. Hoje em dia são cometidos com um sentimento de consumo. Eu roubo não porque preciso sobreviver, mas porque quero possuir aquilo que você possui. Também quero ter a posse daquele iphone 6 que você tem como se fosse uma injustiça eu não conseguir ter um iphone também.

A partir daí os crimes começam a ficar cada vez mais violentos, onde pagamos com a vida por alguns trocados ou um par de tênis. O criminoso faz o juízo de ponderação e conclui que o crime compensa.

O Crime Compensa no meu dia a dia

o crime compensa

Vamos falar um pouco do trânsito. Você é uma pessoa que respeita os limites de velocidade? Será que de forma invonluntária não está fazendo um juízo de que o crime compensa da mesma forma que um assaltante?

Andar a 120Km/h em uma rodovia onde o limite é 80Km/h vai me fazer chegar no destino de forma mais rápida. Eu assumo o risco das multas, infringindo uma lei de trânsito e nesse momento realizo a ponderação de que o crime compensa naquela hora.

O Crime Compensa na lava jato

o crime compensa

Temos a certeza que corruptos que desviaram milhões dos cofres públicos devam ser julgados, condenados e paguem pelos crimes, mas será que tudo isso trará bons resultados para o Brasil?

Criminosos como o José Dirceu, que mesmo condenado e preso no mensalão continuava cometendo crimes que foram descobertos na lava jato, são exemplos a serem seguidos para que cada vez o número de corruptos aumente mais.

Até eu ficaria preso por 2 anos em regime fechado e depois mais uns 4 domiciliar na minha mansão com todo o conforto e o dinheiro que me sobrou. É um valor muito pequeno a se pagar pelo crime cometido.

Será que não existe pessoas copiando os passos de José Dirceu após realizar a análise e chegar na conclusão que o crime compensa?

A Educação resolve?

o crime compensa

Até poderia, se não estivéssemos insistindo em ensinar quem não quer aprender. O jovem e a criança são muito imediatistas e querem consumir mesmo antes de ter a condição de adquirir. Muitas vezes tomando o atalho do crime ou então da frustração e consequentemente a depressão.

Precisamos encontrar uma forma para que nossos jovens queiram estudar e aprender. Uma forma em que eles mesmo cheguem a conclusão que não existe nenhum atalho que valha a pena e que a única alternativa para o consumo é estudar.

O mundo do crime e dinheiro fácil acaba se tornando uma alternativa mais rápida que o estudo. Porque? Eu respondo, porque o crime compensa.

Não adianta investir na educação da forma que for, seja aumentando salário de professor ou construindo escolas, enquanto os alunos tiverem na mente que o crime compensa.

Todos os nosso problemas no Brasil seriam resolvidos se ninguém conseguisse parar, ponderar e chegar na conclusão que o crime compensa.

Leia também: A Matemática do Crime.

Deixe seu comentário.

 

 

Como Funciona a Memorização

Memorização são técnicas utilizadas para armazenar informações importantes na nossa memória de longo prazo, para que essas informações sejam aproveitadas quando necessário. Acompanhe até o final e descubra porque, mesmo mal introduzida no Brasil, essas técnicas já mudaram a vida de muitas pessoas.

Memorização

  • Preconceitos sobre a Memorização
  • Memorização é decoreba?
  • Muito além da Memória

Preconceitos sobre a Memorização

Memorização

Assim como a PNL (programação neuro linguistica), as técnicas de Memorização foram muito mal introduzidas no Brasil. Ao invés de serem conhecidas como técnicas de Estudo, a memorização foi utilizada como prática circense, onde pessoas testam a sua capacidade de memória diante das câmeras de televisão nos mais váriados tipos de programas.

Dessa forma muito se julga a utilizade dessas técnicas para o Estudo, porque ninguém vai concluir uma faculdade decorando sequencia de números ou cartas de um baralho.

Memorização é Decoreba?

memorização

Muito se fala que de nada adianta memorizar determinada matéria ou fórmula, mas o principal é entender e aprender. De certa forma essa informação está correta, não conseguimos memorizar aquilo que não se entende.

Decorar é simplesmente uma forma de guardar na memória informações sem sentido para depois serem repetidas em algum teste. Isso geralmente não é muito eficiente, porque nosso cérebro tende a esquecer informações que não nos fazem muito sentido.

As informações na nossa mente são gravadas por sinapses neurais que podem ser fortes, ficando bastante tempo armazenadas na memória, ou fracas e logo esquecidas.

Para que uma sinapse se torne forte e as informações não sejam perdidas com o tempo é necessário que essa informação nos faça sentido. Que ela esteja associada a outras coisas que já foram aprendidas antes, ou então que faça parte de algo na sua vida ou no seu cotidiano.

A utilização de todos os nossos sentidos, como visão, audição, olfato e tato fazem com que as sinapses sejam criadas de forma mais forte e as informações gravadas na memória de longo prazo com mais facilidade.

Muito além da Memória

memória

A memoriação não é uma técnica mágica, em que depois de ler um livro acadêmico você nunca mais irá esquecer das informações.

Muito além de decorar, são técnicas de estudo, onde se conhece de forma aprofundada como funciona a nossa mente e como utilizar esse funcionamento a nosso favor.

Ansiedade, brancos de memória, são alguns dos efeitos colaterais que muitos estudantes passam ao não entender como seu cérebro funciona e quais as formas mais eficientes de estudar.


Uma pessoa que perde as coisas como a chave de casa, os óculos, etc, não é uma pessoa de memória fraca e sim uma pessoa com falta de atenção. Experimente colocar o seu guarda-chuva em uma gaveta diferente e ao mesmo tempo dizer a tabuada mentalmente. Garanto que no dia seguinte não irá saber onde está o guarda chuva.

O ambiente, o horário, a fome, a sede, os ruídos, etc, podem interferir em muito na qualidade do estudo. Também estudar muitas horas não é a mesma coisa que estudar com qualidade.

Encontrei um vídeo gravado por um especialista em Estudo e Memorização onde ele explica quais os erros graves que os estudantes cometem e como evitá-los. CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR.

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Passar em um Concurso Trabalhando é possível?

          Passar em um concurso trabalhando é possível?

Passar em um Concurso Trabalhando é possível?

     Vou começar este artigo respondendo a pergunta do título de forma bem objetiva.

  • É possível passar em um concurso trabalhando?

     Sim é possível passar em um concurso trabalhando. Se você for analisar mais de perto irá verificar que a grande maioria das pessoas que passam nos concursos estudam e trabalham ao mesmo tempo.

    Essa é uma realidade no Brasil e não somente ligada ao concurso público, mas ao ensino em si. A grande maioria dos universitários brasileiros estudam e trabalham ao mesmo tempo.

     Segundo pesquisa feita pela Instituto Data Popular, 70% dos estudantes universitários no Brasil também trabalham.

     Só para exemplificar: Uma vez um professor universitário Canadense perguntou para minha esposa, que faz mestrado em uma Universidade privada no Brasil, como ela estudava para o mestrado e trabalhava ao mesmo tempo. Ele disse que lá no Canadá isso não existia, ou você trabalhava ou você fazia o mestrado, porque isso já seria um trabalho.

     Mas voltando para o assunto do concurso. Eu costumo dizer que na vida tudo é possível, basta ter vontade e para isso é preciso motivação.

     Eu acredito que para a pessoa passar em um concurso trabalhando ao mesmo tempo, a coisa fundamental é a motivação. Sei que a motivação não é tudo, que um pateta motivado em uma empresa é pior do que uma pessoa qualificada e desmotivada. Mas no mundo dos concursos esse pateta motivado vai quebrar a cara em algumas provas mas não vai desistir e continuará tentando.

     Ficar tentando sem ter um método que te ajude a verificar os erros, melhorar a sua preparação e ir evoluindo nos estudos também não ajuda. Mas como você irá se aperfeiçoar se não tiver motivação?

     O fracasso não é o oposto do sucesso, fracassar em uma prova não é uma derrota e sim o caminho para o sucesso.

Passar em um Concurso Trabalhando é possível?

     Vamos explicar melhor.

     Não existe outra fórmula para atingir o sucesso em um concurso. Você não irá passar na primeira vez, isso até é possível mas não uma regra. A reprovação, que aqui estou chamando de fracasso, não é uma derrota mas sim um caminho para a aprovação. Mudando as palavras. A reprovação não é o aposto da aprovação e sim o caminho para ela.

     As reprovações, que podem ser várias na sua vida, servem de aprendizado para que você não cometa os mesmos erros. Todos nós aprendemos com os erro desde que nascemos. As fraldas amorteceram muitas quedas para aprendermos a caminhar.

     O que importa aqui é ter motivação para seguir em frente.

     Descubra aqui como a advogada Alessandra Strazzi passou em concurso público, trabalhando, cuidando de casa, com marido e duas filhas

     Existem pessoas que são motivadas por natureza. Trabalho com pessoas que conseguem se motivar realizando tarefas que para mim são um saco e realmente eu não entendo como elas fazem. Mas se você é como eu, precisa descobrir o que te motiva.

     É aí que entra os gatilhos motivacionais.

     Eu como sou meio cabeça dura, me motivo quando as pessoas dizem que eu não consigo fazer. Esse é um gatilho motivacional pra mim. Tem pessoas que se motivam pensando nos pais, nos filhos, alguma dificuldade que passou na vida. Enfim, descubra qual é o seu gatilho motivacional, que podem ser vários, e utilize isso a seu favor e siga em frente.

Passar em um Concurso Trabalhando é possível?

     Agora, se você está precisando de mais tempo para estudar, ou até mesmo uma renda extra para conseguir comprar livros e bons materiais de estudo, eu indico o método Concurseiro Milionário.

     Esse método, desenvolvido pelo Henrique Cattonar, ajuda a muito tempo vários Concurseiros a ganharem dinheiro utilizando a internet para que com isso consigam atingir a sonhada aprovação.

Clique aqui e saiba mais…