Internet pela rede Elétrica.

Internet pela rede Elétrica.

Internet pela rede Elétrica.

Quando eu estava fazendo meu curso técnico profissionalizante, desenvolvi um projeto que utilizava a rede elétrica como meio para uma rede de computadores. Agora em São Paulo a AES Eletropaulo Telecom lançou no primeiro trimestre de 2009, uma rede banda larga de internet, utilizando como meio de transmissão a rede elétrica de baixa tensão.

A grande vantagem dessa tecnologia, que foi a mesma vantagem que eu expliquei na apresentação do meu trabalho de conclusão, é a capilaridade da rede elétrica, ela já está praticamente toda formada, só falta acoplar os equipamentos e começar a enviar o sinal.

Esse tecnologia está sendo testada desde 2007 em alguns prédios de São Paulo, mas pela notícia que li, acredito que estão enfrentando a mesma dificuldade que eu tive no meu projeto, que era enviar o sinal da internet banda larga pela alta tensão.

A idéia de resolver esse problema é integrar a rede elétrica com fibra ótica, nos pontos que surgir alguma dificuldade de acoplamento do sinal, converter em fibra ótica para seguir em frente.

Quando eu desenvolvi esse projeto a uns 10 anos atrás, meus professores acabaram me desanimando, dizendo que era uma coisa sem utilidade e na época tinha uma empresa alemã desenvolvendo uma tecnologia assim, se eu não tivesse dado ouvidos hoje poderia estar rico.

Internet pela rede Elétrica onde não pega WIFI

Você acabou de contratar internet banda larga com WIFI incluído e descobriu que a internet não pega em toda a sua casa ou apartamento?

Isso acontece muito frenquentemente. o Sinal do WIFI vai encontrando obstáculos que são as paredes, móveis, etc e vai se perdendo. Ocorre o problema do roteador estar instalado na sala e no seu quarto não tem quase sinal.

Já existe no mercado aparelhos amplificadores de sinal que transmitem o sinal da sua internet wifi pela rede elétrica da sua casa até uma tomada qualquer. Nessa tomada próxima a região onde não pegava o WIFI é só conectar o dispositivo que ele irá pegar o sinal da internet da rede elétrica e transformar em wifi novamente.

Testamos o repeditor wifi dlink pela rede elétrica.

Deixe seu comentário.

Troca de Visitas ou troca de cliques

Por falta de posts na rede que falem claramente nesse assunto de troca de visitas ou até mesmo troca de links, resolvi escrever eu mesmo meu post com as minhas experiências, mesmo não sendo esse o assunto principal do blog.

troca de visitas

Quando esse blog foi criado a questão mais urgente era gerar visitas, torná-lo público para que conseguisse faturar com Adsense. Tenho certeza que 99% dos blogueiros começaram com essa ideia, e que eu não escondo que foi a minha também.

Troca de visitas – primeiro teste

A primeira ideia que tive e encontrei na internet foi a troca de visitas e o primeiro meio que utilizei foi o supertrafego.com, um sistema em que cada visita que é feita no seu site abre uma segunda janela de um outro site cadastrado no sistema e com isso você recebe um crédito. Esse crédito vale para que o seu site apareça dessa mesma forma para um outro usuário. A ideia inicial é boa, porque as suas visitas irão dobrar, cada visita que você recebe é gerada uma outra visita involuntária, mas do que adianta se seu blog ainda não tem visita nenhuma, e ainda por cima para os primeiros poucos visitantes fica abrindo popups xaropes, fazendo com que eles encham o saco do seu blog e nunca mais voltem. Sua ideia inicial de lucrar com o blog irá para o espaço, quem é que vai clicar no seu Adsense?

troca de visitas

 

Troca de visitas – segundo teste

Minha segunda tentativa foi utilizar um outro sistema chamado de igbiz.com, nele você se loga em um sistema de troca de visitas, a cada clique em um botão de continuar, você vai vendo sites de outros usuários cadastrados. A cada site visto você recebe 1 crédito, e esse crédito é convertido em uma oportunidade do seu site aparecer para outro usuário, mas quem disse que esse usuário vai olhar para a sua página, ainda por cima clicar nos seus links patrocinados? Primeiro que os usuários desse sistema estão com a mesma intenção de ganhar visitas e também querem lucrar com os links patrocinados, se ele perder tempo clicando nos links ele perderá tempo olhando sites para ganhar créditos e assim por diante, uma tremenda ilusão que os babacas ficam clicando o dia inteiro, só imagino a cara de cada um na frente do seu micro, hehehehe.

O pior de tudo, te prometem trocar seus créditos a cada 1000 por R$1,50, sendo o valor mínimo para resgate 15 reais, ou seja 10mil cliques no mouse. Esses cliques podem ser dados a cada 5 segundos que é o tempo mínimo que você tem que ficar em cada site, e convertido em horas isso dá mais de 13 horas e meia clicando sem parar. Mas ai tem um problema, cada crédito que você ganha é gasto quando o seu site aparece para outro usuário, então ficam brigando entre si pelos mesmos créditos e quanto maior o número de usuários menos crédito você consegue acumular porque tem mais gente para gastar os seus, é uma cretinisse sem tamanho.

Espero que eu tenho tirado algumas dúvidas sobre esses sistemas de troca de visitas e também espero que alguém deixe a sua opinião nos comentários.

Um comentário bem feito será retribuída a visita, feita da forma tradicional e valorizando o seu blog.

Obrigado pela atenção.