Como funciona o antivírus

Recentemente através da sugestão de conteúdos do blog, recebi uma proposta de explicar como funciona um antivírus. Um pouco complicado mas vamos tentar simplificar.
Como já devem ter percebido, o antivírus é um software que fica constantemente sendo executado, toda vez que você liga o computador ele está lá ativo. Ele necessita estar ativo para executar a sua função de proteção do sistema.
Quando um arquivo ou um programa é executado, dizemos que ele é carregado, pois realmente o seu conteúdo é carregado na memória ram. Da mesma forma ele é incluído na lista de processos em execução com seu respectivo nome. Os antivírus mais fraquinhos, fazem uma análise se baseando no nome do processo em execução, se for um nome cadastrado na sua lista de pragas conhecidas ele vai lá bloqueia a execução, avisa o usuário, deleta ou coloca em quarentena.
Efetuar a comparação pelo nome do processo é simples, o que torna os antivírus mais modestos muito ágeis. Existem outros processos de detecção de vírus que comparam a lista de pragas conhecidas com trechos do arquivo de vírus, que precisa de alguma forma ser aberto e analisado o código de máquina incluído dentro deles, o que demanda muito mais tempo, deixando a máquina mais lenta e consequentemente mais protegida. Nenhum método de detecção é 100% eficaz, mas alguns ficam muito próximo disso.
Quando o usuário manda o antivírus efetuar um scan em todos os arquivos, o processo de análise é parecido, o software de antivírus executa algumas análises, arquivo por arquivo, verificando o seu nome, a localização, a data de modificação e também seu código interno.
Então não fique muito feliz se seu antivírus é super rápido, pode ser que ele não consiga identificar quase nenhum vírus.
Eu poderia escrever muito mais sobre o assunto, mas abro este espaço para trocar informações com todos que visitam esse blog.
Deixe seu comentário com sua sugestão e contribuição com mais informações, para que os próximos a visitar possam adquirir cada vez mais conhecimento.
Obrigado.

Gostou, compartilhe!

    9 pensamentos em “Como funciona o antivírus

    1. Olha Sarita,semana passada estive à procura de manutenção de meu computador ao passo que ele disse que às pessoas pouco acreditavam,mas o Bill Gates criou o Windows fechado demais,e independente do Antí-virus,àqueles arquivos "Temp"depois de um tempo vão atrapalhando o desempenho do PC nos obrigando a formatar independente.Diferente do Linux e Mac.

    2. Olá. Também gostaria de saber qual o melhor antivírus gratuito que existe por aí. Cada um fala uma coisa! Existem pessoas que juram de pés juntos, que os fabricantes de antivírus, são os maiores produtores dos mesmos! Qual sua opinião sobre isso?
      Um abraço!

    3. Muito direto, fácil de compreender para que não entende bem do assunto.
      O importante é ser didático, e isso o texto conseguiu.
      Já experimentei vários programas Anti-vírus. Alguns por indicação de amigos, outros por interesse meu em descobrir um que realmente protegesse, e que fosse grátis, de preferência.
      Recomendo o Avast Home, pois para uso doméstico é mais que suficiente. É fácil de usar, pois vem em português, e é só seguir as instruções.
      Site Avast: http://www.avast.com
      Mais dicas é só me contactar!
      Abraço!

    4. O melhor antivirus concerteza não é gratuito. São muito superficiais com baixo poder de detecção. Antivírus tem que ter um mecanismo potente, heurístico, firewall. Que detecte a ação suspeita de um arquivo ou ataque. Tem que ser inteligente. Antivírus é só uma proteção a mais que devemos ter. Intrusões invísiveis que não vemos nesse mundo virtual perigoso. Deve-se ter consciência do que é acessado, aberto também. Eu uso e recomendo o melhor antivirus do mercado, Kaspersky Internet Security.

    Deixe um Comentário