O que é e como funciona o aborto induzido

O Aborto induzido atualmente no Brasil é considerado crime, salvo casos de estupro, risco de morte da mãe e anencefalia.

O que é e como funciona o aborto induzido

     Aproveitando o momento de grande discussão, venho aqui no blog deixar de certa forma nas entrelinhas, minha opinião sobre o assunto. Utilizando para isso a proposta do site que é: Como Funciona o aborto induzido.

     Como Funciona o Aborto Induzido

O chamado aborto induzido ou aborto provocado, é feito utilizando-se procedimentos cirúrgicos ou então químicos. Variando conforme o tempo de vida do feto.

O aborto químico ocorre pela ingestão de medicamentos provocando a expulsão do embrião. Esses medicamentos para realizar o aborto induzido dificilmente são encontrados na internet por motivos óbvios. Realizando uma busca mais criteriosa ou até mesmo navegando na DeepWeb você poderá encontrá-los.

greencoffee300x250

   Por ser crime e também ir contra os nossos princípios esse site não recomenda e nem ensina como adquirir tais medicamentos.

      Esses medicamentos para induzir o aborto são baseados em uma grande quantidade de hormônios o que pode resultar em grandes problemas futuros para a mulher. Como por exemplo um câncer.

 

     Não funcionando o aborto por medicamentos é feito a aspiração do útero a fim de retirar o feto, ou os restos que sobraram.

     Outra forma, isso quando o feto já tiver um pouco maior, é a curetagem. Que consiste em introduzir um aparelho cirúrgico no útero cortando o feto em pedaços, sendo retirado um a um.

    Esse procedimento faz com que o médico tenha que montar os pedaços do feto do lado de fora para garantir que não ficou nenhum pedaço na interior da mãe, com o risco de causar graves infecções.

     Consequências do Aborto

     Existem pesquisas dizendo que o feto sente dor a partir da sétima semana de vida, o que tornaria o aborto um ato sofrido.

    Assim como também outras pesquisas afirmam que o cérebro ainda não está completamente formado para que o feto tenha essa sensação de dor.

      Eu acredito que muitas mães sabem o que seus filhos sentem dentro de seu próprio ventre.

      Deixe sua opinião sobre o assunto.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2.342 votes, average: 4,90 out of 5)
Loading...

Exclusivo

aborto induzido

Como funciona uma usina nuclear

Usina nuclear

usina nuclear

Muito se fala nos riscos que existem na produção de energia elétrica utilizando usinas nucleares, mas muito foi apreendido com acidentes como de Chernobyl, que é o mais conhecido. E de lá para cá a tecnologia tem sido muito aprimorada.

Usina Nuclear – Funcionamento

Primeiramente, o funcionamento de uma usina nuclear parte do princípio do fissão nuclear, o mesmo princípio utilizado na bomba atômica, mas em uma escala muito reduzida.

A fissão nuclear é o rompimento de um núcleo bombardeado por um neutron e nesse rompimento é gerado uma grande energia e mais neutrons que vão se colidindo e rompendo outros nucleos, o que mantém o processo. A diferença de uma usina nuclear e uma bomba é que em uma usina, esse processo da fissão nuclear é controlada de forma que se mantenha estável e em uma bomba esse processo é criado para que se torne instável, ocasionando a explosão.

No processo da fissão nuclear, também é liberado raios gama que é a radiação, por isso a grande preocupação com a contaminação.

A fissão nuclear em uma usina serve unicamente para ferver água e que após a água fervida o vapor move uma turbina para gerar a energia elétrica, da mesma forma como uma usina termoelétrica que utiliza carvão ou gás natural.

Esse vapor da água que é aquecida pelo reator é contaminado pelos raios gama, por isso ele não é utilizado diretamente para movimentar as turbinas, mas passa por fora de uma serpentina para ferver outra água de dentro dessa mesma serpentina. Por isso aquele vapor que enxergamos pela chaminé de uma usina não está contaminado, pois ele é proveniente dessa outra água que está limpa.

A usina de Chernobil teve seu acidente, pois não possuía muitos sistemas de contenção da radiação e segurança, hoje as usinas já estão muito evoluídas nesse sentido, mas que não deixam de possuir riscos, principalmente no transporte e descarte do material radioativo.

Deixe seu comentário.

Como funciona a cerca elétrica

    A cerca elétrica pode matar?

    Vale a pena instalar na minha casa?

    O alarme dispara ao tocar na cerca elétrica?

Assista ao vídeo e leia o post até o fim porque todas as suas dúvidas serão respondidas.

 


Atualmente com o crescimento da violência, tem se utilizado da cerca elétrica sobre muros e grades, como uma proteção adicional contra a marginalidade. Afinal de contas essa cerca é realmente eficiente? Como ela funciona?

     Como Funciona a cerca elétrica:

cerca elétrica

A cerca elétrica tem duas funções primordiais, a primeira é afugentar o invasor, aplicando uma tensão de aproximadamente 10 mil volts no sujeito de forma pulsante, com 60 pulsos por segundo. Para que o ladrão seja afugentado e não fique grudado na sua cerca, a corrente elétrica é muito baixa, por isso não é mortal, mas pode causar uma certa queimadura no local.

everyday

Para que a pessoa receba um choque é necessário ter um caminho para a corrente elétrica, se você segurar em uma fase de baixa tensão devidamente isolado nada irá ocorrer, mas como na cerca elétrica a tensão é muito alta, a isolação dos sapatos não é suficiente, ocasionando uma corrente elétrica em direção ao terra e sentida pelo meliante.

Outra forma é a proteção conta falta de energia, se alguém tentar cortar os fios, um alarme é disparado, da mesma forma acontece quando uma descarga elétrica é disparada contra alguém que encostou nos fios. Para que cortando a energia na residência a cerca não pare de funcionar, ela é alimentada por uma pequena bateria. Como a corrente elétrica é muito baixa, uma bateria de carro pode durar muitas horas.

Como tudo na vida, para que seja eficiente, uma boa manutenção e cuidados são muito bem vindos para o adequado funcionamento de sua cerca elétrica.

Deixe seu comentário e suas dúvidas abaixo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4.334 votes, average: 4,90 out of 5)
Loading...

Conseguiram instalar Linux no iPhone

Agora já não é mais novidade, o grupo iPhone Dev Team, conseguiu instalar o kernel do linux em um iPhone. Assim como já existe inúmeros equipamentos como switches e roteadores rodando o Linux de forma embarcada, agora os iPhones foram a bola da vez.
Para baixar o programa e conseguir rodar o mesmo é aconselhável grande conhecimento em Linux, assim como em iPhone. Mais informações no blog: Leonardo Camiza.
Para utilizar o sistema operacional, no caso digitar comandos, é necessário um cabo USB conectado ao computador. Também a função de telefone, tochscreen e o acelerômetro que reconhece o posicionamento da tela, não são possíveis de utilizar.
Agora me diz pra que serve isso? Os caras devem ter perdido um tempão para conseguir uma coisa tão tosca. Somente se for para demonstrar seu grande conhecimento a as fragilidades do tão famoso telefoninho.
O que vocês acham?

Universidade à distância ou presencial, qual a melhor?

Acredito que tenha muita gente com essa dúvida. Será que eu faço minha faculdade à distancia, pagando menos, ou pago mais caro e faço presencial, da forma convencional. Será que eu vou arrumar emprego depois?
Ultimamente o MEC tem aprovado muitos cursos de nível superior a distância, os chamados EAD, e eles têm crescido como uma epidemia.
Os cursos EAD possuem muitas vantagens: o aluno pode ler seu material e fazer seus trabalhos na hora que quiser e no lugar que quiser, assim como as mensalidades são muito mais em conta, para as pessoas que não tem condições de pagar uma universidade particular com curso presencial, ou até mesmo pagar um cursinho para passar em uma universidade pública.
Mesmo sendo mais caros, os cursos convencionais, conhecidos hoje como presenciais, ainda estão sendo uma boa opção, até por aqueles que não tem muitas condições e que acabam financiando o curso de alguma forma.
Mas e depois da formatura, quem vai se dar melhor? Eis a questão.
Será que esses profissionais EAD não serão discriminados na hora de concorrer a uma vaga de emprego? Qual o currículo que será mais valorizado?
Eu já vi um engenheiro selecionar currículos de candidatos pelo nome da universidade, se ele não gostava da universidade já colocava o currículo do candidato de lado, quando nem conhecia o universidade ia direto para a lata do lixo. Imagina agora com cursos EAD em que muitos nem são conhecidos?
Não quero discriminar ninguém, nenhum curso e nenhuma universidade, só quero levantar essa questão e ouvir opiniões a respeito.
Até hoje não surgiram medicina e nem engenharia EAD, mas quem sabe?
Obrigado pela atenção.